Missão acompanha implementação de componente pioneiro de Educação Ambiental no Pará

Trabalho em rede, inovação, diversidade e autoria docente são destaques da programação da equipe iungo e parceiros em Belém

plantio de muda de açaí no Dia Mundial do Meio Ambiente secretário Rossieli Soares

“Estou aprendendo muito com o novo componente, porque não se trata só de saber que não devemos jogar lixo no chão, e sim de saber o que essa atitude causa, o que o descarte inadequado provoca. Estou aprendendo também que nós somos o meio ambiente, que não existe essa separação. Estamos conectados a ele hoje e no futuro. E o futuro está logo ali”

As palavras são de Ruan Pablo, de apenas 11 anos, aluno do 6º ano do Ensino Fundamental da Escola Estadual Professor Temístocles de Araújo, em Belém (PA). Ruan participou das atividades que marcaram o Dia Mundial do Meio Ambiente (05/06) na capital paraense, celebrando um ano de lançamento da Política de Educação para o Meio Ambiente, Sustentabilidade e Clima do estado. A política tem como um de seus eixos a instituição do componente curricular obrigatório “Educação para o meio ambiente, Sustentabilidade e Clima”, para todas as séries da educação básica.

Oficina educadores professores de belém do pará instituto iungo educação ambientalNa primeira semana de junho, a equipe do Instituto iungo reuniu-se com parceiros em Belém para uma missão, com visitas a escolas, eventos institucionais e ações de formação continuada. O iungo realiza, em colaboração com a Secretaria de Estado de Educação do Pará (Seduc-PA), a formação dos educadores que atuam com o novo componente e a construção dos materiais curriculares e pedagógicos para sua implementação.

Para os anos finais do Ensino Fundamental, o trabalho é desenvolvido com parceria da Porticus, representada nessa missão pelo gerente sênior de programas de educação para a América Latina, Luis Felipe Serrao; e parceria institucional da rede Uma Concertação para a Amazônia. Para o Ensino Médio, a atuação se dá em parceria com o programa Itinerários Amazônicos, uma realização conjunta do Instituto iungo, da rede Uma Concertação pela Amazônia — representada pela produtora executiva Joana Braga — e do Instituto Reúna, em parceria e com investimentos do BNDES, do Fundo de Sustentabilidade Hydro, do Instituto Arapyaú, do Movimento Bem Maior e patrocínio da Vale, representada por Andreia Prestes, especialista em Educação da Fundação Vale. Além dos parceiros, participaram da missão Júlia Ribeiro, Lorena Cavalcante e Diana Salles, do UNICEF Brasil; e Patrícia Mota, superintendente do Itaú Social.

Quer entender a importância da missão para o trabalho conjunto em educação ambiental? Acesse agora:

Conteúdo Relacionado