Itinerários Amazônicos

O programa Itinerários Amazônicos tem o objetivo de promover a Amazônia – em sua complexidade ambiental, social, histórica, cultural e econômica – nos currículos de Ensino Médio.

A iniciativa produziu 13 unidades curriculares a serem adotadas pelas redes de ensino na composição dos itinerários formativos dos currículos de Ensino Médio. O material vai ser utilizado por professores e por gestores escolares, para o trabalho de aprofundamento nas áreas do conhecimento e Projetos de Vida. Foi produzido por uma equipe multidisciplinar de mais de 120 pessoas, dentre especialistas, representantes das secretarias de educação parceiras, educadores e jovens amazônicos.

A partir de abril de 2023, o programa irá iniciar formação docente para redes estaduais de ensino que compõem a Amazônia Legal: Acre, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Tocantins e Roraima.

Quatro temáticas foram delineadas pelo programa para abordar a Amazônia como centro de reflexões, debates e práticas presentes nas unidades curriculares:

  • Biodiversidades e sociodiversidades da Amazônia (Ecossistemas e questões socioambientais; Dinâmicas urbanas, impactos socioambientais e desmatamento; Mudanças climáticas).
  • Geopolíticas da Amazônia (A região amazônica na globalização; Mobilidades e fluxos nas áreas de fronteira da Amazônia; Movimentos sociais e ativismos na Amazônia).
  • Identidades e culturas da Amazônia (Manifestações artístico-culturais; Populações e diferentes modos de vida na Amazônia; Juventudes amazônicas).
  • Economias da Amazônia (Diferentes formas de organização do mundo do trabalho na Amazônia; Atividades econômicas e os trabalhadores da Amazônia; Bioeconomia e Amazônia 4.0: tecnologias, inovação e empreendedorismo).

O programa Itinerários Amazônicos é uma realização conjunta do Instituto iungo, do Instituto Reúna e da rede Uma Concertação pela Amazônia.

Tem como parceiros financiadores o BNDES e o Movimento Bem Maior, e como apoiador, o Instituto Arapyaú.