Parceria entre Instituto iungo e Secretaria de Estado de Educação/MG apoia o desenvolvimento profissional de educadores do estado

Autoria: Iungo | Data:

O Programa Aprendizagem Criativa, fruto da parceria entre o Instituto iungo e a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE-MG), por meio da Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores, está a todo vapor. Desde maio,  44 professores, especialistas e diretores de sete escolas públicas mineiras estão participando de um curso de pós-graduação, inédito, concebido pelo iungo e pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-Minas). A abordagem trabalhada é a de Comunidade de Aprendizagem, conforme explica o Diretor de Educação do iungo, Paulo Andrade:

“Os professores e gestores das escolas são experientes, têm um repertório de conhecimentos e experiências muito significativo. O desafio que lançamos para eles é o de se perceberem como uma comunidade que aprende junto, que identifica, configura e constrói soluções, de modo colaborativo, para as situações-problema que permeiam seus contextos. Assim, avançam na construção de um trabalho voltado a promover o desenvolvimento integral dos estudantes”, diz.

Este ano, os educadores estão cursando oito disciplinas que têm inspirado as suas práticas docentes: Metodologias Ativas de Aprendizagem, Aprendizagem Baseada em Projetos, Aprendizagem em Rede, Design Thinking para Educadores e Competências para um Mundo em Transformação, além de Avaliação Formativa, Adolescentes e Jovens no Contexto Contemporâneo e Educação Mão na Massa.

“Diante dos desafios da educação, o Instituto iungo, em parceria com a SEE-MG, tem nos oferecido a oportunidade de repensar a nossa prática, compartilhar nossos saberes e avaliar toda a dimensão da nossa atuação como educadores. Os encontros da formação em Aprendizagem Criativa são momentos de muita reflexão e partilha. Saímos das aulas com sede de mudar, vontade de pôr a mão na massa e de compartilhar os aprendizados. As disciplinas têm nos colocado diante dos nossos maiores desafios: significar a prática, oferecer uma formação continuada e entender os processos de avaliação no contexto escolar. Que bom poder encontrar um espaço de construção, de diálogo e capacitação. Isso nos fortalece na caminhada em busca de uma educação pública de qualidade”, comenta Carmélia Lima, vice-diretora da Escola Professor Ricardo de Souza Cruz, de Belo Horizonte (MG), participante do programa.

As aulas da pós-graduação prosseguem em 2021. Junto com elas, serão realizadas atividades voltadas à construção de projetos de vida pelos educadores, abertas à participação de professores e especialistas das escolas parceiras. Serão criadas situações para que esses educadores possam refletir e dialogar sobre o seu fazer docente, atribuindo sentido à sua atuação profissional. Assim, a escola passa a ser ambiente para a construção de projetos para a vida dos alunos e também dos professores e gestores.

No próximo ano, outras escolas e educadores de escolas públicas estaduais serão convidados a participar do Programa. O Diretor da Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores da SEE-MG, Weynner Rodrigues, ressalta a importância desse trabalho para os profissionais da rede de ensino e para a educação no estado:

“Desde o início, essa parceria se mostrou muito promissora, pois foi pautada pela proposta de trabalhar de forma inovadora as práticas pedagógicas, as metodologias ativas e tudo o que é relevante para a melhoria da atuação docente. O Programa Aprendizagem Criativa é diferenciado porque não chegou pronto, foi construído a várias mãos, do Instituto iungo e mãos da SEE-MG, e foi customizado para a realidade do estado, as peculiaridades de cada região. O que o torna um programa ímpar é estar alinhado ao nosso documento curricular e a todas as diretrizes que seguimos em relação ao corpo docente, à gestão – pedagógica e de pessoas – e à matriz de competências para o desenvolvimento dos profissionais da rede estadual. O estudo dessas matrizes para estruturar o programa é o que o tornou ideal para a Escola de Formação, a Secretaria de Educação e a realidade da educação do estado”. 

Colaboração é, sem dúvida, a palavra que melhor define essa parceria, o trabalho que vem sendo desenvolvido no programa de formação Aprendizagem Criativa e suas perspectivas de crescimento para 2021. Acompanhe as principais notícias e a evolução do programa aqui em nosso e site e nas redes sociais do Instituto iungo.

Conta pra gente: qual sua opinião sobre esse texto?

Inscreva-se e conheça as novidades e os conteúdos em primeira mão

Quer ficar por dentro do que acontece no iungo? Faça seu cadastro e receba a newsletter com nossos eventos e projetos.