Professores do Amazonas potencializam aprendizado sobre temáticas amazônicas em ações conjuntas com o iungo

Ações múltiplas no território amazonense incluíram visitas a escolas, oficinas de formação presenciais e reuniões de articulação com Seduc-AM

Entre os dias 24 e 26 de junho, o Instituto iungo esteve presente mais uma vez no território do Amazonas com ações múltiplas: visitas técnicas a escolas, oficinas de formação presenciais para professores e formadores da Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar do Amazonas (Seduc-AM); e reuniões de articulação da parceria entre o iungo e a Seduc.

Na pauta, muito diálogo sobre as ações em andamento e o planejamento de compromissos futuros dos programas Nosso Ensino Médio e Itinerários Amazônicos. Desde o início da parceria, em 2020, a formação continuada de professores, gestores escolares e formadores impactou 7.800 educadores amazonenses.

Professores-autores em ação no Amazonas

Com apoio do Centro de Formação Profissional Pe. José Anchieta (CEPAN) e do Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam), as oficinas realizadas nesta semana contaram com a condução de Shana Aline Sitta, Juliana Leonel e Jefferson Meneses, da equipe de formação do iungo.

O tema foi “O professor-autor em ação”, valorizando a criação docente e mobilizando a visão sistêmica no trabalho com temáticas amazônicas. “Os dois grupos, de professores e formadores, mostraram engajamento e abertura à experimentação. Dialogamos com os professores sobre o potencial do material e exercitamos as possibilidades de personalização das unidades curriculares de aprofundamento, de acordo com o contexto das escolas e os interesses identificados junto aos estudantes. A rede de Manaus tem uma característica muito singular, com comunidades escolares em locais bastante remotos, e as atividades foram também uma oportunidade para refletir sobre estratégias formativas e de muita troca entre os formadores, ativando a inteligência coletiva dos participantes e fortalecendo a autoria docente na apropriação do Itinerários Amazônicos”, explica Juliana Leonel.

Para conhecer de perto práticas e dinâmicas escolares e ouvir professores e estudantes, nossa equipe visitou o Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Maria Eva dos Santos e a Escola Estadual Maria Calderaro em Presidente Figueiredo, distante 117km Manaus. “Foi um momento muito importante para entendermos como os materiais produzidos para o programa Itinerários Amazônicos estão efetivamente apoiando professores e professoras no trabalho pedagógico dos Itinerários Formativos da rede. Dialogando diretamente com estudantes, professores, coordenadores e gestores, tivemos a oportunidade de compreender melhor os diferentes contextos de um Estado tão grande e diverso como o Amazonas e, assim, mapear possibilidades formativas que vão ao encontro das necessidades reais”, avalia Shana Aline.

Parceria iungo e Seduc-AM: diálogo e planejamento

As reuniões de articulação envolveram o presidente do iungo, Paulo Emílio Andrade; nossa diretora de Educação, Alcielle dos Santos; e a articuladora do iungo no Amazonas, Regina Tunes, em três momentos distintos. O primeiro com a secretária de Estado de Educação e Desporto Escolar do Amazonas, Arlete Ferreira Mendonça; a secretária executiva adjunta pedagógica, Georgete Borges Monteiro; e a coordenadora de Ensino Médio, Lúcia Regina dos Santos Andrade.

Na sequência, os representantes do iungo conversaram com a equipe do Departamento de Políticas Educacionais para a Diversidade da Seduc, Mailson Rafael Ferreira (diretor), Thelma Oliveira Prado e Camila Thaís Maués Souza.

O terceiro momento foi com a diretora do CEPAN, Regina Ortiz, e as coordenadoras Adriana Lisboa e Silvana Oriente. “Discutimos as demandas formativas da rede para o segundo semestre de 2024 e ações em 2025, como o apoio aos professores participantes do 8º Congresso Internacional de Educação Ambiental para países lusófonos, que será realizado em Manaus em julho de 2025”, relata Regina, destacando o protagonismo do Amazonas no Itinerários Amazônicos.

“O estado do Amazonas, parceiro importante do Instituto iungo, já está implementando todas as unidades curriculares do programa Itinerários Amazônicos, como itinerários de aprofundamento. No segundo semestre, está prevista também a implementação das unidades de Educação Profissional e Tecnológica, que estão em fase de finalização”, explica Alcielle.

Ecossistema de parceiros

O programa Itinerários Amazônicos é uma realização conjunta do Instituto iungo, da rede Uma Concertação pela Amazônia e do Instituto Reúna, em parceria e com investimentos do BNDES, do Fundo de Sustentabilidade Hydro, do Instituto Arapyaú, do Movimento Bem Maior e patrocínio da Vale. Os materiais estão disponíveis gratuitamente para todos os professores do Brasil, conheça: itinerariosamazonicos.org.br

Nosso Ensino Médio é um programa gratuito de formação continuada de professores para as mudanças em curso nessa etapa da educação básica brasileira. A iniciativa é realizada pelo Instituto iungo, Instituto Reúna e Itaú Educação e Trabalho. A plataforma é de acesso gratuito, saiba mais: nossoensinomedio.org.br