Programas do iungo recebem financiamento inédito para a educação do Fundo Socioambiental do BNDES

Por meio de parcerias com redes públicas de ensino, 15 estados em todas as regiões do Brasil serão beneficiados

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou a destinação de R$ 4,1 milhões para o iungo. O investimento é uma parte dos R$ 8,3 milhões do orçamento do programa Itinerários Amazônicos e das ações de formação docente acompanhadas pelo iungo em redes estaduais de ensino, utilizando a plataforma do Nosso Ensino Médio. Ambas iniciativas vão impactar mais de 280 mil educadores em 15 redes estaduais de ensino parceiras, de todas as regiões do país.

Os recursos, oriundos do Fundo Socioambiental do BNDES, chegam em um momento chave, com a implementação dos novos currículos do Ensino Médio. Formar professores e gestores escolares para os novos currículos é o propósito do programa Nosso Ensino Médio, plataforma on-line de conteúdo formativo criada em parceria entre o Instituto iungo, o Instituto Reúna e o Itaú Educação e Trabalho.

Do total da verba do BNDES, 23% vai para esse programa e servirá para impulsionar a formação docente para os novos currículos do Ensino Médio nas redes que contam com apoio de equipe de formadores e especialistas do iungo. Sete estados já são parceiros nesse modelo – Amazonas, Bahia, Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul – e mais um estado da Amazônia Legal também será acompanhado pelo iungo na formação docente.

Já a iniciativa Itinerários Amazônicos vai receber 77% do investimento do BNDES. O programa é co-realizado pelo iungo, o Instituto Reúna e a iniciativa Uma Concertação pela Amazônia, já tendo como apoiadores o Instituto Arapyaú e Neca Setúbal, socióloga e presidente da Fundação Tide Setubal. A proposta é construir itinerários formativos em que a Amazônia estará no foco – considerando sua diversidade e complexidade ambiental, bioeconômica, social, histórica e cultural. O trabalho também prevê formar professores das nove redes de ensino da Amazônia Legal para implementação destes Itinerários Amazônicos, além de fortalecer suas práticas para a criação de novos conteúdos.

Para além do impacto nos estados amazônicos, o objetivo do programa é contribuir para ressignificar o papel da Amazônia na formação dos brasileiros. Todo conhecimento produzido estará disponível gratuitamente para escolas e redes de ensino de outros estados do Brasil.